Nós até aceitamos os casamentos entre homossexuais, desde que sejam entre um homem e uma mulher.

quarta-feira, março 31, 2004

terça-feira, março 30, 2004

ANÚNCIOS DE TELEVISÃO II

Os publicitários conseguiram arranjar maneira de nos lixar com F grande. (Pitu esta é tua). Há algum tempo que não vejo o da cabra a lavar os cabelos no avião, mas agora a OPTIMUS e a RENAULT deram cabo do panorama televisivo todo.
O da OPTIMUS:
- agora pago, agora não pago, agora pago, agora não pago, agora pago, agora não pago!
O da Renault:
- with, without, with, without, with, without, with, without, with, without... (este obriga a uma tradução para os que não passaram do 6º ano: quero foder com capota, quero foder sem capota, quero foder com capota, quero foder sem capota, quero foder com capota, quero foder sem capota...)

Em breve farei um comentário ao anúncio da SUMOL com os três jogadores de bola. A cara deles de estúpidos é uma ofensa às famílias portuguesas que continuam a acreditar nos sumos de bolhinhas. Eu acho que um gajo para ser jogador de futebol, mais importante que as pernas, é a cara. Quem não tiver cara de anormal nem se chega a sentar no banco.

segunda-feira, março 29, 2004

JOSÉ SARAMAGO

O escritor nobel José Saramago lançou mais um livro: Ensaio sobre a Lucidez.

Eu pergunto: não será esta obra uma autobiografia?

quinta-feira, março 25, 2004

Logo logo terás uma picha inteira, ó paneleiro...

Quando li o texto anterior não queria acreditar... Eu que julgava Máximo um tipo normal como todos nós, descobri que ele não é nada mais nada menos que uma rabetola. Amiudadas vezes ousei, aqui e ali, suscitar a heteroposição da referida rainha da Primavera, mas nunca acreditei que ele usasse este espaço para se declarar ao mundo.
Então para ele o maior galo é o seu companheiro partir a picha?
Eu pergunto ao leitor: o que seria maior galo, levar com um piano na tola ao passear na praia ou que o companheiro partisse a picha ao cair de cu?
Máximo, estamos contigo... És diferente mas és nosso amigo e temos-te em grande conta. Eu sei que agora a tua picha favorita está partida, mas brevemente encontrarás uma inteira para te safisfazeres.

Azar azar...

Há gajos que se queixam que não têm sorte nenhuma na vida...
Ou é porque não arranjam uma passarinha que lhes aconchegue o marsápio, ou é porque o patrão não paga a tempo e horas, ou é porque lhes furtaram algum bem essencial, ou porque levaram com um piano na cabeça quando passeavam tranquilos na praia...
Enfim... queixumes...
Meus amigos, azar azar é o que aconteceu ao meu caríssimo companheiro criativo (forma eufemística de lhe chamar paneleiro) neste espaço...
O ditoso rapazola, caíu de cu e partiu a picha...
Isto sim é ter azar...

Contínua a miséria...

O que é uma abordagem senão uma aterragem nas bordas?

Mais um fenomenal momento de humor ordinário...

Qual é a semelhança entre um blogue e o escroto?
Qualquer caralho tem um...

quarta-feira, março 24, 2004

Manif's...

Tou farto de ''Manif's''!!!
Chateiam um gajo!
Em primeiro lugar a merda da música é sempre a mesma... É como a tabuada...
''Durão, aprende! O ensino não se vende...!''
Foda-se... Alguém compreende a amplitude deste mote???
Não era o mesmo se gritassem ''Durão vem ver, já estamos a beber''?
Depois, um cidadão quer circular na via pública e não pode, há macacos por todo o lado e a PSP aparece com tanta força como se tivesse rebentado uma bomba na Alameda das Universidades...
Oh amigos...tenham lá paciência.
Deêm-nos descanso...

terça-feira, março 23, 2004

ANÚNCIOS DE TELEVISÃO

Eu não resisto a escrever sobre um anúncio que passa neste momento na televisão portuguesa. E, mesmo sabendo que a qualidade geral dos anúncios é baixa, este de que vos falarei é particularmente ridículo. O anúncio a um champô que se passa a bordo de um avião.
Eu não sei o que vai na cabeça do publicitário que faz aquele anúncio, nem sei o que vai na cabeça dos senhores da fábrica do champô que o aceitam.
Quem é que se põe a lavar a cabeça na casa de banho de um avião?
Quem é começa aos gritos excitados por estar a lavar a cabeça?
Desde quando é que as casas de banho têm intercomunicador para o resto do avião?
Como é que a gaja secou o cabelo?
As casas de banho dos aviões têm secador de cabelo?
Porquê um anúncio a champô dentro de um avião?
Com o azar que o Partido Socialista tem tido, ainda lhe sai este cretino deste publicitário, como director de campanhas.

Sugestão linguística absolutamente cretina

Eu tinco (do inglês I think)

Islanices...

Tenho vindo a ouvir vários senhores e senhoras que professam a fé Islâmica, a propósito da sua cultura, dos desenvolvimentos políticos no Médio Oriente, das ameaças terroristas, da guerra do Iraque, dos atentados de Madrid...
Enfim, o Islão está na mó de cima...
O que mais me confunde, são, no entanto os nomes dos ditos senhores(as)...

Mohamed Cahbeçah de CahralhuH...
Shacrica Lesbiannahh
Abdul Vulvah

Religião ou Pornografia?

domingo, março 21, 2004

MISS PORTUGAL 2004

Estava a ver o Jornal da Tarde da Sic quando apresentam uma reportagem em directo com a escolha das candidatas a MISS PORTUGAL 2004. Pensei que fosse um bom momento de televisão. Que diabo, as gajas pareciam uns cães. Não vi UMA que se pudesse aproveitar. Parecia uma reportagem num campo de batalha depois da explosão de 15 granadas. O entrevistador fazia perguntas do género: "Acha-se bonita?". Tenho quase a certeza que ele estava literalmente a gozar com elas. No entanto elas respondiam com um sorriso maroto como se a resposta fosse óbvia: "Sim, acho que tenho possibilidades e faço por isso". Peles brancas, dentes sujos, acne juvenil, cabelos oleosos, gordura geral, gordura particular (na cara, eu odeio!), bom aquelas tipas eram uma desilusão. Uma delas muito parecida com a Monalisa mas cheia de borbulhas confessou que vinha do Porto. Ou seja: aquele monstro cadavérico deslocou-se do Porto a Lisboa por se achar capaz de ser candidata a MISS PORTUGAL 2004. Foda-se.

Fui enganado...

Andava eu a "sacar" ficheiros num destes programas simpáticos, no meu caso utilizo o e-mule (para quem não conhece pelo nome, é um que tem um logotipo muito parecido com a cara do meu companheiro de escrita neste blogue), quando vejo um ficheiro (após fazer busca de "sexo") que tinha como título "margarida e rita raquel - festa de sexo na parede". Bom, disse de mim para mim: Foda-se esta merda deve ser boa... Duas tugas numa festa de sexo na parede.
Vários factores influenciaram-me: sou um amante de Portugal e de tudo o que é português, a Parede é uma terra simpática, gosto de lesbianices, era um ficheiro de video e acima de tudo fiquei muito entusiasmado com a Rita Raquel e com o seu mais que esperado potencial sexual. Passado um bom bocado à espera: aí está ele. Com algum nervosismo dei-lhe gás...
Duas gajas era mentira, o que se via era uma gaja a ser violentamente agredida (agredida do ponto de vista sexual) por um adolescente de cabelos compridos e anéis nos dedos. Passaram o filme todo a dizer: "oh yes","oh fuck","nice baby, nice". Se esta merda era a Margarida ou a Rita Raquel a falar português vou ali e já venho...
Deprimido, fechei o windows media player. Sentia-me enganado. Tinham-me prometido a Margarida e a Rita Raquel a foder na Parede e deram-me a Sheila e o Bruce a foder na América (mais que certo). E o pior é que não é a primeira vez...
No outro dia vi um ficheiro que continha supostamente a "Casca" ou "Casta" que se vai casar com o Felipe de Bourbon, nua. Disse: "Queres ver que os cabrões ainda não se casaram e tu já vais ver o pipi da futura rainha..." Se isto acontecesse era bem capaz de lhe ver a passarinha antes mesmo do próprio noivo. Mas cedo descobri que não. Se aquela gaja era a "Casca" ou "Casta" eu sou o Saddam.

sexta-feira, março 19, 2004

Numa sala de informática...

Quem nunca esteve sentado numa sala de informática pública? Todos os que já estiveram sabem que aquilo é um ambiente de visita aos presos. Está tudo com cara de cú a olhar para os computadores e num silêncio irritante. Mas hoje para mim foi divertido. Levanto-me do meu computador (na última fila da sala) e saio para falar ao telemóvel. Na corrida para fora vou olhando para os écrans das bestas que por lá estavam. Querem acreditar que havia lá um caralho a ver páginas de foda? Pela vossa saúde... O cabrão estava descansado a ver gajas em posição de parir na óptica do utilizador.
E a coisa durou, enquanto estive lá atrás ia olhando e lá estava o cabrão...

Bom, no meio disto tudo ainda houve sorte, imaginem que o gajo se punha a dar chapadas no palhaço ali no meio da sala...

Foda-se que grande moca...

Alguém vá ouvir a Unforgiven II dos Metallica... Tou tão pedrado que não sei se é o Kurt que canta ou a Mónica Sintra, serão os dois? Foda-se

''Está aqui o Paulo?''

Antes desta pequena história.... só queria mesmo mandar a netcabo levar na bilha!
Pronto...
Estava eu, neste meu jeito de assalariado Belga, na Rádio FDL, acompanhado dum outro assalariado, por seu turno Sueco, quando um indíviduo de raça/sexo/existência duvidosa, entrou no dito cubículo e lançou esta questão pertinente...
''-Está aqui o Paulo?''...
Ora, a menos que o mencionado indíviduo tivesse deficiências visuais profundas, sofre de um caso comum de estupidez...
É um daqueles casos em que não sabemos o que dizer e lançamos a objectiva questão...
Muito útil quando partimos a panela de alguém que nos é querido e nos enganamos no buraco...
Encavacados, olhamos em redor e perguntamos...
''Está aqui o Paulo?''

terça-feira, março 16, 2004

JUVENTUDE BEATA

Apetece-me debruçar-me sobre as meninas das equipas de nossa senhora e afins agrupamentos de jovens com a mania que são mais católicos que os outros.
A utilização de “debruçar-me” não é alheia, tem manifestamente um conteúdo sexual como poderão constatar mais à frente.
Andam sempre em grupo e rejeitam o mundo que não os compreende (quase a totalidade). Ao contrário de São Francisco de Assis, fiel pregador, descalço mas protegido com a força da fé, estes jovens andam com camisa engomada de quinta em quinta em busca de nada. Bom, sou redutor ao dizer que andam em busca de nada. Eles buscam parceiros e parceiras, como os reformados no Correio da manhã. Precisam de alguém que os ajude no doloroso e blasfemo acto da masturbação. Sim, masturbação plural, jamais sexo! O sexo é pecado, mas a masturbação é uma inevitabilidade da condição humana. Entre eles dizem envergonhados: “Duarte, coça-me o pipi...”.

DUARTE: “Oh valha-me Deus, Mariana, coçar-te o pipi?”
MARIANA: “Sim, ó sim, rápido Duarte, estou em brasa...”
DUARTE: “Mas o que dirá o chefe da equipa?”
MARIANA: “Caga nesse gajo e coça-me o pipi depressa, ou então parto-te a boca toda meu toinhó do caraças”.

Mariana, perdeu a postura porque a natureza falou mais alto. O cérebro velozmente determina uma série de equações que convergem no seguinte ponto: “Epah, tou mesmo à rasca, se este gajo não me coça o pipi sou capaz de me matar, portanto, vou fazer com que um gajo me arranque os pintelhos e depois logo me confesso, e tudo fica bem”.

MARIANA: “Estás à espera de quê? Estou quase a rebentar...”
DUARTE: “Então está bem, mas com delicadeza.”
MARIANA: “Com delicadeza o tanas, mete a delicadeza na panela... Como é que tu consegues estar há mais de 10 minutos a rejeitar uma rata a olhar para ti com os bigodinhos todos esticados?”
DUARTE: “Oh Mariana, sabes, a religião não permite, vai contra os nossos príncipios”
MARIANA: “É mesmo isso que preciso, é do príncipio... Vá, anda, não te faças díficil, se demorares muito ainda fico com a pachacha constipada...”

É neste momento que também Duarte começa a ponderar. O que é que ele tem a perder? Tudo se recomporá com um pedido de desculpa divino, aliás, a natureza aqui foi a grande responsável do deslize.
DUARTE: “Tens razão, vamos embora a isso, vira para cá essa bardanasca.”
MARIANA: “Isso, meu valentão, vamos ver se vales mesmo o que a Sara disse que valias.”

Má saída de Mariana. Ela quase deitava tudo a perder quando demonstrou que já sabia da relação do Duarte com a Sara. E mais, naquela equipa pontuava-se os rapazes. Duarte era conhecido por saber bem dar trincadinhas no clito. Coisa que muito as entusiasmava.
Quando Duarte esfrega delicadamente a sua mão na verdura de Mariana, inesperadamente, chega Matilde.

MATILDE: “Oh Meu Deus, valha-me Santa Velha de Alfornelos, que coisa do diabo.”

Bem sei que estarão todos a imaginar que Matilde se referia ao acto pecaminoso que Mariana e Duarte praticavam, “si non é vero é benne trovato”, mas não, ela referia-se ao bacamarte de Duarte que já sobressaía nas calças.

MARIANA E DUARTE: “Matilde !?”
MATILDE: “Desculpem, eu vinha só buscar o meu santo antoninho, julgava não estar cá ninguém, que má coincidência.”
MARIANA: “Temos de tirar proveito das coincidências da vida.”
DUARTE: “Sim, Matilde, deita-te aqui connosco.”
MATILDE: “Não sei se devo, não estaremos a agir incorrectamente?”
DUARTE: “Ó Matilde, agir incorrectamente é matar, é violar, é roubar ou votar no Bloco de Esquerda, isto que aqui fazemos é o Amor no seu esplendor mais doce.”

Matilde não tinha sido habituada a duvidar das coisas da vida, de mesmo nada. Neste momento não tinha formação para isso, foi levada na conversa de Duarte. Aquilo que não esperávamos era que fosse de forma tão radical...

MATILDE: “Está bem, mas prometes-me dar-me uma trancadinha na panela?”
DUARTE: “Logo vi sua marota... logo vi que eras pelo rolo de carne...”

Agora os três na horizontal começam uma incansável cena de sexo bruto e violento. Parece que se modificaram os três, consumidos, não pela maldade do Diabo mas pelas ofertas mundanas.
Duarte é que se surpreende. Julgando estar com duas inefáveis criaturas, foi confrontado com grandes elasticidades e savoir faire. O pobre Duarte tinha que tirar conclusões introduzindo um dos seus dedos na crica de uma delas, para poder assim aferir do diâmetro do convento.

DUARTE para Mariana: “Grande porca!!! Tens aqui mais que um túnel do Marquês nas virilhas...”
MARIANA: “Oh, audácia. Onde é que tu vês obras na minha sacro-santa vagina?”
DUARTE: “ Não é isso perna-aberta, é pela dimensão ão ão, olha a a , atééé faz az az eco co co co ...”

Duarte tinha confrontado uma das parceiras com a problemática da putaria. Tanto quanto se tinha apercebido pelo toque, esta rapariga já tinha mais rodagem que uma aparafusadora de um electricista. O que ele não sabia é que Mariana e Matilde estavam sintonizadas... E Matilde, sai em defesa...

Ouve-se um barulho muito idêntico ao de uma garrafa de champagne MATILDE: “Ah ah, com que então... Estava há mais de meia hora com três dedos no teu feudo e tu nada, seu rabetola de primeira apanha.”
DUARTE com um olhar delirado como se tivesse acabado de consumir 5 quilos de cocaína: “ Sabem, tive embarcado 2 anos na Marinha de guerra. Estávamos muito tempo no mar...”
MARIANA: “Bom, deixemo-nos de conversas. Estamos aqui é para foder não é para conversar.”

Os três continuaram então. Estavam agora mais próximos uns dos outros, conheciam as suas fraquezas.
Eram lobos em pele de cordeiros...


sexta-feira, março 12, 2004

Os brilhantes jornalistas da brilhante estação TVI...

A TVI deve ir buscar jornalistas aos jornais dos liceus. A qualidade jornalística é tão má que dá dó. Para ajudar mandam-nos para directos sem experiência nenhuma. Há poucos minutos numa reportagem em directo de uma manifestação de solidariedade com Espanha na Residência do Embaixador em Lisboa, a jornalista fazia as seguintes perguntas:
- Está triste com tudo o que se passou?
- Acha que pode chegar a Portugal?
- Acha que foi a ETA ou a Al Qaeda?

Jornalistas cretinos é na TVI

quinta-feira, março 11, 2004

venham cá passar uns dias...

A maneira mais fácil de acabar com o terrorismo da ETA é convidá-los a vir cá passar uns dia a PORTUGAL.

Passa-lhes logo a mania de querer a indepedência...

quarta-feira, março 10, 2004

Foda-se, pensa tu ó paneleiro...

"O ministro da Educação, David Justino, pediu hoje aos agentes que intervêm no sistema educativo que abandonem as "pequenas questiúnculas de funcionamento" e que pensem nas crianças." in Público

Será que este caralho tem a noção do que nos está a pedir?

Oh Sarmento desliga lá essa merda pah...

Acho que já ninguém "diz" que vê a RTP2, nem aqueles decrépitos intelectuais de esquerda.

Isto está pior que cuspir na sopa...

Até a Anabela Mota Ribeiro (tão querida), enquanto apresenta o Magazine, dá mesmo a ideia que está a cagar. Aquele eco tão w.c. e a postura dela... Hum... Cá para mim ela caga para aquilo.

A culpa é da Comunicação Social

É recorrente culpar estas figuras abstractas, a comunicação social, a sociedade, o governo, pelos diversos males que nos sucedem.
No entanto, neste caso, a culpa é mesmo do estupido do jornalista.
Então um gajo que deve ter um mínimo de responsabilidade, ensina o pessoal a entrar com armas escondidas nos estádios?
E ainda dizem que o Bin Laden é que é perigoso...

José Mourinho...

Bom, parece que não há remédio, o FCP anda mesmo a fazer coisas bonitas. Mas com a deslocação deles a Manchester tivemos um excelente momento de divertimento. Rimos tanto que ficamos naquele estado em que já nem se conseguem controlar gases. Será possível o Mourinho, sim O MOURINHO, ter chamado arrogante a alguém? Mesmo que tenha sido à besta do Fergunson, como é que é possível o Mourinho chamar arrogante a alguém.

Qualquer dia vemos o Zé Castelo Branco pela rua aos saltos a chamar paneleiros e bichas loucas aos que passam...

terça-feira, março 09, 2004

A Tv2 é a cozinha do serviço por cabo

Neste momentos, caros leitores, nestes momentos que se vão escoando, estou a ver um debate na TV2, onde só participam distintas Senhoras. (e digo Senhoras para não lhes chamar um nome feio, pois pelo que tenho ouvido...).
Em simultâneo, que é como quem diz entrementes, na Sic Notícias decorre outro debate, este onde só participam distintos cavalheiros.
Ora, daqui resultam duas conclusões lógicas.
A primeira é que a TV2 é a cozinha do serviço por cabo, sendo a Sic Notícias, nesta analogia sem paralelo, a sala.
A segunda é que eu prefiro a cozinha, porque me oferece muito mais estímulos, nomeadamente de cariz sexual, à sala.
Desta forma, sempre podemos dedicar-nos aos nossos prazeres solitários, enquanto ouvimos eruditas e elevadas opiniões políticas.
Um grande bem haja à TV2.

Olha olha o Niculae...

Vivemos num país de perfeita impunidade. Chega a ser pornográfico. Na notícia da SIC que mostra os adeptos do Sporting a roubar uma área de serviço, consegue-se ver claramente, entre os adeptos, NICULAE. A ousadia do romeno é tanta que nem se deu ao trabalho de despir a camisola com que marca golos ao serviço do Sporting.

domingo, março 07, 2004

Desabafo

Foda-se, perdão... chiça carapuça!
Às vezes apetece-me procriar...
E quando digo procriar, quero dizer praguejar mas não me lembo da palavra e já ando há meia hora a ver se me lembro da porra da palavra, que também não é praguejar...
É exactamente nestas situações que me apetece procriar, quando estou deprimido num Domingo à tarde em casa, a ver filmes de trampa na SIC e a ouvir Simone de Oliveira e não me lembro dum termo que quero utilizar.
Não sei se o vituperioso leitor já passou por esta experiência tortuosa, de ter a palavra debaixo da língua e por mais que a levante (à língua) não conseguir fazer com que o termo se revele...
Foda-se, perdão... chiça carapuça!

Simulações

Vivemos numa porra dum país de simuladores.
Reparei eu, neste meu jeito de voyeur mal amanhado numa esquina do Soho, que ando rodeado por simulações.
Abri o jornal e vi a notícia de um simulácro de acidentes de viação no IC19; quis comprar uma casa, fui ao Banco (onde nunca poderei ser feliz) e o meu gerente de conta fez-me uma simulação de empréstimo, posteriormente, tomava café e o senhor Ajdrubal disse-me que o João Pinto é um filho da mãe porque simula muitos penaltys (?), li no outro dia que os adeptos portugueses vão simular disturbios nos estádios para testar a segurança tendo em vista a porcaria do Euro 2004, (vai ser difícil arranjar voluntários para atirar cadeiras a árbitros). Cheguei a casa e estive a conduzir um 747 num simulador de voo que tenho.
E todos os dias venho escrever nesta merda, simulando que sou um valente escritor...

sábado, março 06, 2004

Os advogados nas entrevistas das televisões

Os advogados gostam muito de dar entrevistas às televisões. Ficam com um sorriso de orelha como se o mundo estivesse a seus pés. Porém, prestam-se a situações ridículas. Vamos imaginar uma entrevista que muito se parece com as reais:

Entrevistador: Boa noite, obrigado por ter aceite o nosso convite. O Senhor já sabia a posição do juíz?

Advogado de defesa: Boa noite, obrigadinho sou eu, vós sois muito amáveis. Quanto à sua questão, eu gostava de guardar a resposta por não considerar oportuno, nesta fase, estar a responder.

E: Continua a acreditar na inocência do seu cliente?

AD: Bom, eu acreditar acredito, mas gostava de não responder a esta pergunta por se prestar a equívocos.

E: Caso não haja decisão favorável, vai recorrer?

AD: Isso faz parte da estratégia de defesa e eu gostava de não revelar aqui a mesma.

E: Já reparou que veio aqui para não dizer um caralho?

AD: Bom, essa é a sua opinião, mas com essa não me apanha, vou manter a minha postura, não respondendo a questões prejudiciais ao processo.

E: Chega aqui, estraga-me a entrevista, no fundo no fundo, o senhor é um empata-fodas.

AD: Não respondo. Mas continuo a reforçar a inocência do meu cliente.

E: Quanto é que acha que vai ficar o Sporting - Benfica?

AD: Se eu revelasse, os jogadores não precisavam de calças as chuteiras. Como é óbvio não lhe respondo.

E:O que é que tomou ao pequeno-almoço?

AD: Foi à base de cereais. E já falei de mais...

E: Muito obrigado e boa noite.

AD: Obrigado eu, mas quanto à sua referência à noite, não vou dizer nada para não influenciar o resto do seu dia.

Citações

''Hoje sucedeu um episódio triste mas, infelizmente, habitual, na relação entre professor e alunos. O professor de uma cadeira da minha faculdade, numa espécie de "oral" que determinaria, em alguns casos, quem passava ou chumbava, chumbou uma aluna por pura embirração.''

Esta bela passagem, encontrei-a no blog www.maisquexato.blogspot.com e confesso que me atraiu sobremaneira.
Ora, saiba o(a) distinto(a) autor(a) do mencionado blog, que eu, faria o mesmo.
Que culpa tenho eu, que a rapariga se tenha esquecido de tomar o pilovex?
Ainda me pegava a maleita.

O dito Professor merece uma menção honrosa por contribuir para a melhoria da saúde pública da sua pestilenta faculdade...

Churrascos...

Pois claro...
Aliás, nós, os verdadeiros artistas ,regulamo-nos pela hora de Samoa exactamente por isso...
Diz que fazem lá uns churrascos de placenta divinais.
Aliás, a minha vizinha do 2º esquerdo esteve lá nestas férias e está farta de pedir ao Sr. Fonseca do talho aquelas miudezas que ele arranja de quando em vez...
Eu só não percebo é porque é que ele fica muito atrapalhado quando ela diz isto.
Talhantes...
Ou parteiras?

os putos no prato...

Há merdas que chateiam um gajo. Está a passar uma notícia, em que um padre de uma organização contra o aborto passou pelas escolas um panfleto com imagens violentas, ao que consta, putos grelhados num prato.

Mas que merda, nós passamos o dia a ler merdas como: "Fumar mata"; "Fumar prejudica o esperma";"Os fumadores morrem prematuramente", etc e tal, e as crianças não podem ver um churrasco de feto...

"como se a humanidade andasse à volta do pénis e da vagina"

Uma peça encenada por Nuno Cardoso, quer representar um grupo de jovens abordando a questão da sexualidade. Ao ver o pedaço que passou na Sic Notícias, deparo-me com dois jovens com o seguinte diálogo: "como se a humanidade andasse à volta do pénis e da vagina".

Quais são os jovens que abordam assim a sexualidade? Até os nossos avós eram capazes de utilizar expressões como; "pixa", "passarinha", "sabre", "senaita"...
O autor podia-se ter lembrado de qualquer coisa de jovens como: "Foda-se, como se a puta da humanidade andasse à volta do caralho e da cona".

E ainda querem que um gajo vá ao teatro... vou mas é à bola...

(R)Evolução de Abril

O Ministro Morais Sarmento, digníssimo estadista, potente orador e pujante pugilista, mudou o nome das comemorações de Abril.
Assim, este ano, vamos brindar à Evolução de Abril de 1974...
Os cartazes terão cravos coloridos num fundo laranja, azul, encarnado e verde...
Um cravo por cada bravo Capitão que fez a Evolução, e quatro cores que simbolizam as quatro linhas do Metro de Lisboa, os quatro pontos cardeais e os quatro sopapos com que o brindávamos...

Aqui os artistas, os verdadeiros, do tipo ''A positivo'', propunham outro tipo de campanha, mais leve e fresca, como uma tarde de Abril.

MENSTRUAÇÃO DE ABRIL, em fundo bordeaux corrimento, com várias ratitas pululantes e lacrimejantes, com banda sonora de Simone de Oliveira...
A desfolhada...
Porque afinal de contas, quem faz um filho, faze-o (faze-o mesmo...) por gosto!

O corrimento, porque simboliza o eterno devir do tempo e as ratitas porque é delas que a vida brota e logo, simbolizam a evolução perpétua da Natureza.
Fica a modesta sugestão...

grande sorte levar com um camião...

O viaduto Duarte Pacheco Pereira esteve fechado durante 7 horas. Um camionista conseguiu partir 13 carros e não caíu por uma unha negra. Um dos carros ficou debaixo (literalmente) do camião. Em entrevista a uma televisão diz o condutor: "olhei pelo espelho, vi o camião e percebi que ele ia embater... tive muita sorte..."
Como é que um gajo que levou com um camião de 40 toneladas cheio de brita e sem travões, diz que teve muita sorte...

No dia em que este gajo tiver azar, ao sair de casa estão a chover comboios de alta velocidade...

sexta-feira, março 05, 2004

Estou um bocado cansado de comentar notícias de treta. Qualquer dia estou como o Pacheco Pereira, atiro quadros ao calhas, trato com carinho viagens à lua e coloco poemas sem qualquer sentido. Tipo: saí de casa/na escuridão/foi por um triz/que não pisei um cagalhão. O JPP no outro dia até colocou um texto com fotografia, em que uma familar já ida há séculos, continuava a ler no leito da morte. Só para que conste, eles continuam a ler depois de mortos. Bestial.
Bom, mas quero falar-vos das secretárias dos políticos, essas criaturas estranhas...
Em primeiro lugar é bom que saibamos que estas meninas vivem a vida com a trouxa no carro. Ora estão na sede do partido, ora nos gabinetes dos ministérios (consoante os resultados eleitorais).
Pela manhã, quando chega o Ministro, dizem num coro irritante: “Bom dia Senhor Ministro”. Ainda nem o pobre do homem entrou no gabinete já estão a olhar uma para a outra como que a dizer: “Ó filha, este hoje não foi possuído pela tonta da mulher dele, está com um ar de romeno à procura de emprego na Praça de Espanha”.
Recebem o primeiro telefonema do dia. A secretária que atende o telefone coloca a mão no microfone e diz para outra: “É a palhaça da secretária do primeiro-ministro, só me apetece é puxar-lhe os cabelos”.
O pior momento do dia surge quando o Ministro lhes pede para baterem um discurso no Word. Ficam as duas verdes, iguais aos camandros que nos bloqueiam as rodas dos carros.
Como uma pontualidade estranha, vão almoçar ao café da frente. À mesa já se sabe:
- Tu já viste o novo assessor, aquele que usa as calças nas mamas.
- Claro que sim. Parece o Pedrito de Portugal...
- Ó filha, mas eu dava-lhe uma estucada que ele até me arrancava as duas orelhas
- Aquele jornalista que cá esteve no outro dia é que era um pão, mas dizem que é maricas.
- Maricas, dava-lhe uma ensinadela que lhe passavam as mariquices todas, até passava a escrever textos para filmes de lésbicas.
- Ó Clara, tu estás para lá de Bagdade, faltavas ao respeito com todos, qualquer dia saltas para cima do Ministro.
Nisto, Clara fica muito corada, mete metade do bife na boca ao mesmo tempo que assobia e tenta beber água. Só mesmo a acalhauzada da outra secretária é que não percebeu que Clara andava a “despachar” com o Ministro...

Os Empreiteiros

Eram uma vez os três, os famosos empreiteiros
Do pequeno Avelino tão bons companheiros.
Os melhores amigos são, os três empreiteiros...
Quando em roubalheiras vão, são sempre os primeiros

Quando eles vão concorrer, já não há rival algum
O seu lema é um por todos e tudo para mim
O amor do Avelino é Marco de Canaveses
E já a sodomizou mais de 2000 mil vezes

Avelino Avelino
Dizendo parvoeiras
Avelino Avelino
Pontapeando a poeira
Avelino Avelino
E os três empreiteiros longe vão chegar
Avelino Avelino
És tu e os teus amigos
Avelino Avelino
Em jogos divertidos
Avelino Avelino
Vocês são empreiteiros a roubar...

''Oi pessoal!!!!!!
Tudo fixi? Tudo legal?
Istá bem...''

Estou neste momento a ver o programa do Euro 2004...
Estou a ver o Zé Luís Arnaut, no seu jeito de bailarina de can can, a tentar dizer coisas inteligentes...
É nestes momentos que agradeço ao Senhor o canal sms...

Zé Luís, esta é só pa ti...

''Ai o artista, de tão verdadeiro
Assim à vista parece estrangeiro
Há o verdadeiro, o verdadeiro artista
No mundo inteiro não há quem resista...''